Português (pt-PT)Português (pt-BR)
Logo

Questões básicas antes de comprar um site


O investimento em sites estabelecidos, quando bem feito, consegue ter um retorno muito superior ao de muitas aplicações financeiras.



A não ser que você seja político e tenha acesso a informação privilegiada e essa é a chave de um bom negócio: informação, que vamos explorar essa ideia mais adiante. Para além disto, o ponto de retorno pode ser atingido muito mais rápido.

Antes de comprar um site, existem várias precauções a tomar não só de avaliar se o negócio é legitimo (existem muitos esquemas fraudulentos nesta área), como de colocar questões ao vendedor para uma análise minuciosa de todos os aspetos do site em questão.







O vendaWEBSITES apresenta 2 questões básicas antes de comprar:
  1. Peça acesso ao Analytics, repetimos: peça acesso ao Analytics.

O Google Analytics dispensa apresentações, pelo que é o standard de análise de tráfego. É possível o vendedor dar-lhe acesso ao Analytics em modo de leitura, sendo um processo inteiramente seguro para o vendedor. Se o vendedor não lhe quer dar acesso ao Analytics, aconselhamos a simplesmente esquecer o negócio em questão. Sem dados ou mesmo com “printscreens” do Analytics, o comprador não tem informação que permite fazer uma boa análise do negócio. Sem uma boa análise do negócio, duvidamos que haja um bom negócio. Existem outras aplicações de análise de tráfego, mas de acordo com o vendaWEBSITES, o Google Analytics é o mais referido entre a comunidade que compra e venda sites.
No Google Analytics para além de uma boa análise do tráfego mensal, zonas geográficas, taxas de rejeição, tenha atenção à aquisição do tráfego. A aquisição do tráfego irá condicionar o tempo e a maneira que você vai levar para administrar o site. Muitos investidores preferem que a maioria do tráfego seja orgânico (de origem de motores de busca, resultados não pagos). Isto para além de levar menos tempo para administrar que por exemplo uma origem de tráfego de uma rede social, é menos custoso em termos financeiros. No que toca a origem de tráfego referral, tenha atenção que ultimamente o Google Analytics tem sido atacado por spam referral e convém verificar que sites estão no canal referral. Existem muitos outros indicadores do Google Analytics que não vamos mencionar e cada investidor tem o seu perfil, indo fazer a sua análise de acordo com esse perfil.

2. Renda

Como o site está monetizado? Que custos apresenta? Essas perguntas condicionam o valor de mercado do site em questão (neste artigo tem alguns conselhos de como avaliar um site). Verifique os valores e as origens da renda mensal. Se uma das origens ou mesmo a origem for de Google Adsense, peça acesso à conta em questão. Verifique a evolução da renda em termos cronológicos, porque alguns vendedores vendem os sites que já não atualizam há muito tempo e só lhe monstram os valores de renda do melhor mês. Se se tratar de uma loja online, as questões da renda são mais complexas pelo que não vamos aqui abordar.

Algumas dicas para obter mais informação sobre o site que tenciona comprar:

  1. Desempenho do site em motores de busca. No caso do Google, verifique qual o PageRank. Comprove se o site ou blog estão indexados no Google, no Bing, no Yahoo e outros motores de busca. Existe uma ferramenta online que poderá o ajudar muito nesta avaliação: o Woorank.

  2. Desempenho do site nas redes sociais. Tem página de Facebook, Twitter? Estas estão incluídas no negócio? Verifique o número de curtidas, followers, mas também a interação das publicações. Verifique a zona geográfica dos fãs ou followers e verifique se não são curtidas ou followers comprados de contas falsas.

  3. Questione se os conteúdos são originais e o custo e fonte desses conteúdos. Pesquise excertos dos textos num motor de busca a ver se lhe aparecem textos iguais.

  4. Questione o vendedor acerca do funcionamento do site: Que script é usado? É Joomla, Wordpress, etc ou foi programado à medida? Que template é usada? Foi comprada, alugada?


    Bons negócios!

Onde vender/comprar seu domínio em mercados internacionais

Existem imensos mercados lá fora, apresentamos os mais estabelecidos quer de acordo com a sua reputação no mercado quer de acordo com a qualidade e quantidade de suas bases de usuários e número de domínios à venda.

1. SEDO
A SEDO é uma empresa multinacional de origem alemã que proporciona o maior mercado de domínios premium. Para além deste mercado, também oferece seu conhecido serviço de domain parking (Domínios estacionados) ou mesmo serviço de corretagem. Foi no mercado da SEDO que se bateu o record do Guiness do montante mais elevado pago por um domínio usado (Sex.com pelo valor de 13 000 000 USD, cerca de 45 806 150,00 de Reais à taxa de câmbio atual). Pode achar infomarção sobre taxas e preços quer para o comprador quer para o vendedor em https://sedo.com/br/servicos/lista-de-precos-de-servicos/.

URL: http://www.sedo.com

2. Leilões GODADDY
A Godaddy é uma conhecida empresa de registo de domínios e alojamento de sites, senão o maior registrar de domínios, que também oferece um mercado de compra e venda de domínios usados. Também como o mercado da SEDO, é pago (pode consultar preços em https://br.auctions.godaddy.com/trppricing.aspx?ci=91827).

URL: https://br.auctions.godaddy.com/

3. AFTERNIC

Afternic é o auto intitulado mercado secundário número 1 de domínios. A sua plataforma estende-se através de parceiros de todo o mundo, tendo uma base de compradores global.
Fundado em 1999, foi o primeiro mercado de domínios usados, tendo sido comprada e vendida diversas vezes. Em 2006, foi adquirida pela NameMedia Inc., que detem também o http://www.buydomains.com/, que é o seu proprietário atual.

URL: https://www.afternic.com/

4. FLIPPA

O Flippa ultimamente tem apostado na área de domínios usados, tendo no momento em que escrevemos este artigo mais de 1 milhão e meio de domínios à venda. No nosso artigo anterior, já mencionámos esta plataforma internacional, mas para sites. Para listar um domínio, custa 9 Dólares a modalidade de leilão e a modalidade de classificados é gratuita (esta modalidade não traz grande visibilidade ao seu anúncio).

URL: https://flippa.com/

Em conclusão, podemos mencionar que para o vendaWEBSITES estes mercados são os maiores e mais reputados mercados internacionais para comprar e vender domínios usados. Existem mercados nomeadamente em forma de fóruns e classificados, mas que não têm uma base de usuários relevante, ainda que sejam gratuitos. Para domínios em língua portuguesa, usem o http://www.vendawebsites.com.

Vender página de redes sociais

Coloque sua página de redes sociais à venda e chegue a milhares de compradores! 

O vendaWEBSITES é um mercado de compra e venda de sites, domínios e páginas de Facebook, juntando compradores e vendedores de uma maneira segura, eficaz e rentável para ambas as partes. Venda seu site numa plataforma segura.

No vendaWEBSITES pode optar por três tipos de venda: o leilão, a venda privada ou o BuyItNow (Comprar já):
No leilão, o comprador tem de licitar acima da licitação actual, que à medida que os compradores licitam, cresce. O leilão permite que o sua página de redes sociais seja vendida1w de uma forma mais rápida que a da venda privada. A duração dos leilões no vendaWEBSITES é de 1 a 90 dias.
Na venda privada, o vendedor opta por realizar a venda sem recurso a leilão, em que as diferentes ofertas dos compradores não são públicas, sendo que só o vendedor as poderá visualizar. No vendaWEBSITES o vendedor pode optar por estipular um preço mínimo, em que o comprador apenas poderá submeter ofertas iguais ou superiores a esse valor ou preço sob consulta. A duração das vendas privadas é de 3 a 240 dias.
Finalmente, o BuyItNow (Comprar já) em que o vendedor estabelece um preço fixo e o seu site é comprado na hora sem recurso a leilão. A duração máxima do BuyItNow é de 240 dias.

O vendaWEBSITES é gratuito para o comprador. Para o vendedor existe uma taxa de R$8.00 por um anúncio normal e R$14.00 por um anúncio mais destaque na primeira página. O vendaWEBSITES não cobra nada por uma licitação ou oferta que o comprador efectue e não cobra nenhuma taxa pela venda propriamente dita.

 

Para colocar seu site à venda, tem de estar autenticado: