Português (pt-PT)Português (pt-BR)
Logo

Atenção: golpistas no Facebook

Devido ao crescente número de esquemas em páginas e grupos de Facebook à venda, o vendaWEBSITES deixa dois conselhos para você antes de comprar uma página ou grupo dessa rede social.

1.
Usando contas fake (falsas ou fictícias) de Facebook, o golpista tenta vender uma página ou grupo de Facebook da qual não é proprietário.
Convém visitar o perfil desse golpista para verificar os posts, as imagens, o número de amigos se disponível. Normalmente, essas contas fake só tem foto de perfil e capa, não tendo qualquer interação de outros usuários.
Esse golpista normalmente vende por qualquer preço, não negociando e valorizando sua página. Qualquer preço de venda é satisfatório para ele porque é dinheiro fácil que entra, uma vez que não sendo proprietário, não teve investimento pessoal ou financeiro na página ou grupo.
Conselho: sempre que queira comprar uma página, envie uma mensagem privada à página perguntando se realmente a página está a venda. No caso dos grupos, entre no grupo, descubra o administrador do grupo e pergunte o mesmo.



2.
Outro golpe mais sofisticados em redes sociais, é o golpista vender uma página que as curtidas são falsas. No caso dos grupos, o mesmo se passa com os membros.
Essas curtidas e esses membros são originários de fazendas de cliques (pessoas oriundas de países subdesenvolvidos que são contratadas para clicar) ou provenientes de programas automatizados.
Conselho: peça que o proprietário da página o coloque como administrador ou editor e veja o proveniência geográfica das curtidas. Se for uma página do Brasil, é estranho que a maioria de curtidas venha da Índia por exemplo. Faço o mesmo com os membros do grupo, dê uma vista de olhos nos membros.

Visite nossas últimas oportunidades de negócios online e bons negócios!

Como escrever uma boa descrição para um anúncio de venda

 4 dicas de como escrever uma boa descrição para um anúncio de venda:

 

1. Descreva de forma clara o que está a vender. Por exemplo se for uma loja virtual de material fotográfico, informe que é uma loja virtual de venda de material fotográfico que trabalha com fornecedores em dropshipping e distribui para todo o Brasil. Se o seu modelo de negócio se basear em algo de inovador e que se diferencie da concorrência, mencione logo essa característica do negócio. Se seu negócio estiver em linha com uma tendência futura, identifique-a e tente demonstrar como seu site ou blog vai de encontro com essa tendência.

2. Porque está a vender. Identifique de forma honesta porque está a vender seu site ou blog. A maior parte dos vendedores afirma que não tem tempo para se dedicar ao projeto, para postar mais artigos, etc. Outros afirmam que arranjaram um emprego offline. Mas lembre-se, seja honesto.

3. Aspetos técnicos. Tráfego? Origem do tráfego? Receitas? Origem das receitas? Custos? Custos de hospedagem? Custos com marketing? Que plataforma foi desenvolvido? Quanto horas semanais é necessário para atualizar ou manter o negócio em funcionamento? Que redes sociais estão incluídas? Quantos usuários registados? Quantos assinantes tem a lista de e-mail?
Nestes aspetos, seja o mais transparente, preciso e verdadeiro possível. Seja honesto porque o comprador vai validar todos esses números antes de comprar e é nestes números que vai basear a avaliação do site ou blog. Não use adjetivos para apresentar seus números, quantifique-os de forma precisa e clara.

4. Mantendo-se à disposição.Finalmente mantenha-se à disposição para eventuais questões, dúvidas, pedido de mais informação dos seus potenciais compradores. Responda a todos esses pedidos.

Conclusão:
Siga essas 4 recomendações para descrever o site, blog ou loja virtual que está vendendo e terá mais tendência para ter licitações ou ofertas no seu anúncio. Lembre-se de se colocar sempre na pele do comprador: se eu estivesse comprando, o que desejaria saber e o que me levava a comprar.

Visite nossas últimas oportunidades de negócios online e bons negócios!

Negócios digitais, qual devo escolher


Qual o melhor tipo de modelo de negócio digital que devo escolher de acordo com o meu nível de experiência, formação e tempo disponíveis? Que tipo de características deve o comprador ter para cada modelo de negócio online?

Loja virtual

Apesar da crise, o comêrcio eletrônico tem vindo a aumentar, sendo um dos modelos de negócios digitais mais comuns. O drop-shipping (as encomendas vão diretas para o fornecedor, não havendo necessidade da loja virtual ter estoque), a adaptação para mobile quer em termos de layout responsivos quer em termos de pagamento e o marketing nas redes sociais foram as grandes tendências de 2015 e pensamos que irão se manter em 2016.

Apesar de existirem cada vez mais plataformas de comércio eletrônico simples de instalar, a loja virtual ainda necessita de que você tenha um nível técnico elevado para configurar, manter e atualizá-la e é uma solução bastante mais cara que como por exemplo um blog. Também lhe irá consumir algum tempo a administrar e a fazer o planejamento e execução do marketing. Em termos de logística, que constituí um dos aspetos chave no sucesso do negócio, as soluções de dropshipping fizeram com que o processo ficasse muito mais fácil e menos custoso. O empreendedor digital também terá que ter uma capacidade e espírito negocial elevados, uma vez que terá que negociar com seus fornecedores.

Publicidade

Um dos modelos de negócios digitais mais populares, é a publicidade online. O exemplo mais comum é um blog que disponibiliza artigos sobre determinado nicho e ao mesmo tempo mostra anúncios por exemplo do programa Google Adsense. A publicidade por click (PPC) é um modelo muito simples, fácil de monetizar e muito barato de empreender e administrar. Para além de criatividade, um blogueiro deverá ter domínio da língua portuguesa e do respetivo assunto ou contratar alguém que o faça uma vez que o conteúdo é sua matéria prima. Deverá ter conhecimentos de SEO e de marketing digital em geral, porque neste modelo de negócio o tráfego é essencial para obter uma boa renda proveniente de cliques nos anúncios presentes em seu blog. Apesar do blog requerer pouca manutenção da parte do blogueiro, este deve sempre disponibilizar conteúdos novos, o que irá consumir algum de seu tempo.

Afiliados

O modelo de afiliados se baseia no custo por aquisição (CPA). Existem muitos programas de afiliados, onde o afiliado recebe uma comissão pela venda realizada. Normalmente, a comissão é muito mais alta que um simples cliques em um anúncio. Neste modelo, o empreendedor digital terá de fazer uma boa escolha dos produtos que quer referenciar e por isso está muito dependente de terceiros, uma vez que o produto não é seu. Tal como um blogueiro, um afiliado necessita de ter um nível de autoridade, que permita influenciar uma audiência. Para isso, também necessita de dominar assuntos relacionados com seu nicho e escrever conteúdo que atraia e influencie sua audiência para converter. Conhecimentos de marketing digital são sempre bem vindos neste modelo de negócio.

Modelo de subscrição

O modelo de subscrição ocorre quando o usuário paga uma mensalidade ou anuidade por um determinado serviço. Os primeiros modelos de subscrição foram criados por jornais e revistas. Nestes modelos, existe a vantagem do produto ser pago em antecipado, diminuindo a incerteza no planejamento do negócio. Normalmente, este modelo de negócio digital oferece uma renda elevada, mas para desenvolver este tipo de negócio é necessário muito trabalho e reputação, caraterísticas que só empresas ou pessoas já estabelecidas têm.

CONCLUSÃO

A publicidade PPC como Google AdSense é um modelo de negócio digital que oferece menos barreiras à entrada. Se você não tiver um nível de experiencia muito elevado, é uma bom investimento. Os programas de afiliados, que estão muito na moda, também apresentam um investimento de baixo risco que um empreendedor com um nível inicial ou intermédio pode fazer. A loja virtual requer alguns conhecimentos técnicos e negociais, consumindo bastante seu tempo. O modelo de subscrição exige que você ou sua marca tenham um alto nível de notoriedade. Se bem que você deve escolher seu negócio de acordo com suas caraterísticas e circunstância, também escolha de acordo com sua paixão e sonho. Se você trabalhar com gosto e perseguir seu sonho, você ultrapassará barreiras mais facilmente.

Bons negócios digitais!